REFLEXÂO: NÃO VÁ DORMIR COM ZANGA NO CORPO

NÃO VÁ DORMIR COM ZANGA NO CORPO
Na última sexta-feira estive em contato com o Grupo de Casais AGAPE. Com eles reparti uma reflexão que garimpei do "interior" de Efésios 4.26 e Colossenses 3.12-17.
Já ouviram falar de Bodas de Nogueira (80 Anos)? Outro dia eu estava “navegando” na Internet e "tropecei" na seguinte notícia: O aniversariante, Fulano de Tal, completa 105 anos de idade no dia 1º de junho e sua esposa, Cicrana de Tal, tem cinco anos a menos. Nesta oportunidade eles festejam suas Bodas de Nogueira.
Trata-se de uma longa relação matrimonial, certo? No final do artigo a imprensa britânica revela o “segredo” dessa felicidade conjugal: Em todos estes anos, depois de uma discussão, o referido casal nunca tinha ido para a cama sem ter experimentado o perdão mútuo... Uau!
Esse casal, consciente ou inconscientemente, seguiu a regra simples e prática que o apóstolo Paulo repassou à cristandade: - Que o sol nunca se ponha sobre a vossa ira! Essa regra, praticada, promove paz em todas as áreas da vida.
Talvez alguém pergunte: - Mas como é que um casal pode se tolerar depois de uma briga? Como é que se articula o perdão mútuo de forma honesta? Ora, quando ambos os “lutadores” se aproximam e, juntos, abdicam de querer furar a parede com cabeçadas; quando a esposa e o esposo estão prontos a não fazer valer, custe o que custar, as próprias opiniões, mas renunciar ao seu direito de estarem certos.
Tenho para mim que quem já experimentou o perdão de Deus, através de Jesus Cristo, tem mais facilidade de não insistir no seu ponto de vista e, junto, perdoar a outra ou o outro.
Não adianta adiar a reconciliação. Por que não? Simples! Porque todas as desavenças serão reviradas na primeira oportunidade de desentendimento. Daí que os conflitos devem ser resolvidos o mais rapidamente possível. Como? Com o perdão! Deus espera isso de nós. Aliás, Ele testemunha isso na Sua relação conosco quando nos oferece o Seu perdão. A nós cabe aceitá-lo e isso, quanto mais cedo possível.
Quanto tempo você quer ficar brigada ou brigado? Lembrem-se que a reconciliação é como o sol quente e brilhante, após uma tempestade pesada. Com ela tudo resplandece sob uma luz diferenciada.

Pastor Renato Luiz Becker
25.09.2016